Quarentena: tudo é uma questão do olhar

quarentena

Perto de casa, antes o cenário era outro: praia lotada, com muitas pessoas dentro d´água ou praticando esportes na areia, muitos barcos e jet-skis, cruzeiros internacionais ao longe da orla, circulação de carros à beira-mar e bicicletas passando de um lado para outro.

Ah, já ia esquecendo: os aviões e helicópteros também ocupando os espaços aéreos. Barulho? Todos esses que o contexto produz. Essa era a minha realidade e hoje o cenário é completamente diferente.

Por conta da situação que estamos vivendo, mergulhei na profundeza da essência da natureza. Parece que os habitantes de outras espécies ainda estão um pouco tímidos para ocuparem os espaços que também os pertencem.

LEIA MAIS: Como desenvolver a capacidade de empatia

Viajei, imaginando o mundo sendo completamente deles: os pássaros voando livremente em bandos, os golfinhos saltitantes no imenso mar, as borboletas coloridas com várias tonalidades e donas do espaço aéreo. Até as baleias podendo subir à costa marítima e darem um abano por aqui.

Quem sabe a noite, eu consiga escutar os barulhos dos grilos? Será que as corujas também seriam capazes de virem nos visitar?  Que cenário lindo, não? Pois bem, imaginei isso tudo, mas não tenho poder para esses que habitantes do planeta antecipem uma visita.

Ao nos retirarmos do espaço, o convite já está feito. Agora é esperar. E enquanto espero, dentro desse olhar, encontrei descobertas incríveis. Agora, quero compartilhar com você.

Adote uma nova perspectiva na quarentena

Assim como existem muitas outras espécies habitantes do planeta que esquecemos delas, também existem muitos valores dentro de nós que ficam escondidos no acelerado ritmo que nos envolvemos na rotina da vida.

Somos seres repletos de emoções, sentimentos e princípios, que ficam sufocados, guardados e empacotados. Não lembramos deles. Mas, de alguma forma, eles ficam “mofando” dentro de nós e disseminando sensações desconfortáveis. Muitas vezes nem percebemos de onde vem essas “cutucadas”.

Um convite para esse novo olhar

Olhe para dentro de si e descubra: quem é você? O que você tem de bom? Qual a sua real capacidade de amar? O que você pode fazer por você mesmo? O que você pode fazer pela sua família, amigos e colegas de trabalho?

Neste momento, veja a vida com mais brilho e cor. Permita que o dinamismo de sua essência, seja a bússola de sua caminhada na vida. Aproveite esse momento de quarentena para seu autoconhecimento e viva de acordo com os seus valores positivos que estão dentro de você. Faça o convite da sua natureza e deixe fluir o que você tem de melhor.

LEIA MAIS: O que é Mindfulness?

Ah, como descobrimos coisas incríveis. Eu fiz esse exercício e sei que você também é capaz de fazer. A vida se torna mais plena e com mais sentido quando nos deparamos com o que podemos dar: o melhor de nós mesmos.

Encerro minha mensagem com uma nobre e conhecida frase para você continuar refletindo: “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças” de Charles Darwin.

É hora de mudar e conhecer a beleza de sua essência. Aproveite ao máximo a quarentena! Tudo é o olhar!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.