A relação entre a cesárea não planejada e a depressão pós-parto

0
373
cesárea e depressão

Primeiro parto, cesárea de emergência e depressão pós-parto: entenda os riscos desse ciclo e como tratá-lo.

O debate acerca da cesárea x parto natural x parto humanizado é bastante complexo e tem tido cada vez mais espaço e repercussão, o que é positivo, já que com o debate também cresce a disseminação da informação e o poder de decisão da mulher para com o seu próprio corpo. Além disso, é preciso chamar atenção para a questão da saúde mental durante a gestação e após dar à luz, pois cada tipo de parto tem um cuidado. Nesse artigo, focaremos apenas na cesárea não-planejada e nos perigos que ela apresenta para o aparecimento da depressão pós-parto.

Ansiedade na gravidez: conheça os perigos.

O que é cesariana?

Esse é o parto realizado por procedimentos cirúrgicos através do corte no abdômen e útero por onde é possível fazer o parto. A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que a taxa das cesáreas em cada país fique entre 10 a 15%, mas essa está longe de ser a realidade mundial, já que o número está acima do limite aceitável. A cesariana é o tipo mais realizado no Brasil e levanta diversas questões sobre a saúde física e mental da mãe e também do bebê.

Pesquisas anteriores mostram que as cesáreas são responsáveis por aumentar a probabilidade de problemas respiratórios e obesidade para o bebê. “A exagerada popularização da cesária nas últimas décadas provocou na população a falsa impressão de que o parto por cesária é mais seguro e acarreta menos complicações para o bebê. Entretanto, o que ocorre é exatamente o oposto. Alguns estudos mostram que o risco de complicações na cesariana chega a ser o dobro do parto normal”, explica a a MDS.

Confira aqui 5 dicas para uma gestação saudável.

Porém, é importante ressaltar que a cesárea, além de poder ser uma opção da mulher, pode também ser uma necessidade. “A cesariana pode ser indicada por questões médicas relativas a problemas na gravidez, ou simplesmente por solicitação da gestante”, ressalta o MDS.

A cesárea não-planejada pode ser um gatilho para muitas mães que se preparam por muito tempo para o tão sonhado parto natural ou parto normal e, na hora do parto, algum empecilho acontece. Esse momento tão aguardado e cheio de expectativas, quando não acontece, gera frustração, decepção e culpa, sentimentos nada bons para se nutrir após a gestação, já que a depressão pós-parto traz inúmeros riscos.

Pesquisadores da Universidade de York, Inglaterra, apontam a cesárea emergencial e não planejada abala a saúde mental das mamães e abre as portas para a depressão pós-parto. 5 mil britânicas que fizeram uma cesárea de emergência em sua primeira gestação foram ouvidas para o estudo. O resultado? Essas mulheres possuem um risco de 15% a mais de terem depressão pós-parto.

Depressão pós-parto

Também conhecida como DPP, a depressão pós-parto atinge mais de 25% das mães brasileiras. Apesar do grande número de casos, ela ainda carrega muito preconceito, o que dificulta o seu diagnóstico e tratamento. Esse tipo de depressão tem como uma de suas causas as mudanças hormonais e de estilo de vida, além de traumas ocorridos antes, durante e após o parto.

Dentre os sintomas estão o cansaço extremo, baixa auto-estima, desinteresse pelo bebê, tristeza constante, medo de ficar sozinha, e culpa, sendo esta última, o fator inibidor da procura por um profissional assim que os sinais de depressão pós-parto são identificados. É bom esclarecer que esses sentimentos são normais nos primeiros dias pós-parto. O caso se agrava quando os sintomas permanecem de 2 semanas para mais desde o término da gestação.

Saiba tudo sobre depressão aqui!

Um dos tratamentos da depressão pós-parto é a psicoterapia. A terapia ajuda a modificar comportamentos e pensamentos, e permite medir os avanços na melhora do quadro. Além disso, é importante seguir todas as recomendações médicas para cada caso.

O acompanhamento psicológico em um momento tão delicado e cheio de expectativas é essencial, pois a saúde da mulher, seja ela física ou mental, deve vir sempre em primeiro lugar. A Telavita é uma plataforma de psicologia online com psicólogos experientes e especializados. Conheça mais sobre o nosso serviço e dê o primeiro passo para cuidar da sua saúde mental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.