7 consequências da compulsão alimentar (Transtorno Compulsivo Alimentar)

consequências do transtorno compulsivo alimentar

O transtorno compulsivo alimentar é um distúrbio em que a pessoa come grandes quantidades de alimento em pouco tempo. A pessoa sente a necessidade de comer, mesmo não estando com isso. Assim, ingere compulsivamente e perde o controle do quanto está comendo.

Como parar de comer compulsivamente pode ser complicamento, porém existe tratamento para compulsão alimentar. Então, é fundamental reconhecer os sinais e procurar acompanhamento profissional.

Conheça abaixo as principais consequências da compulsão alimentar:

Obesidade

A compulsividade alimentar, invariavelmente, leva à obesidade. Isso ocorre, pois, geralmente, o comer compulsivo não é realizado todos os dias, mas em dias intercalados. Dessa forma, a oscilação entre os níveis de ingestão calórica comprometem a regularização do metabolismo, o que favorece o depósito de gordura.

Doenças cardíacas

Ao pensar nas consequências da compulsão alimentar, podemos perceber o prato cheio às doenças cardíacas. Primeiramente, estar acima do peso, como visto acima, aumenta o risco desse tipo de doenças. O transtorno do comer compulsivo também eleva as chances da pessoa ter pressão alta e colesterol alto, fatores que também aumentam o risco de ataques cardíacos. E, caso a compulsividade por comida seja por alimentos com gorduras trans, o perigo é ainda maior.

Diabetes tipo 2

Você sabia que o transtorno alimentar compulsivo pode levar a diabetes tipo 2? Segundo um estudo publicado no Journal of Eating Disorders, a compulsão alimentar periódica pode desregular o metabolismo da glicose, o que aumenta as chances de desenvolver a doença.

Dificuldades respiratórias

O transtorno de comer compulsivo pode reduzir a capacidade respiratória da pessoa. Dessa forma, a diminuição do oxigênio pode aumentar os problemas cardíacos e, além disso, deixa o indivíduo sujeito a desenvolver terríveis condições respiratórias, como fibrose pulmonar, pneumonia e tosse crônica.

Cálculo renal

Essa condição pode ser desenvolvida, principalmente, quando a alimentação compulsiva está ligada com comidas ricas em cálcio. As pedras nos rins, então, são formadas e é necessário visitar um médico para saber a real situação da condição.

Transtornos emocionais

O transtorno de compulsão alimentar periódica gera um sentimento de culpa muito forte depois do ato. Além disso, o aumento de peso deixa as pessoas mais propensas a ansiedade e depressão, pois sentem-se mal por conta da aparência.

Transtornos alimentares

Comer compulsivamente pode desencadear transtornos alimentares, como a bulimia. Os transtornos alimentares são perturbações e alterações psicológicas decorrentes da alimentação em excesso ou da falta dela. Assim, interferem na saúde física e mental das pessoas e requerem tratamento com especialistas.

Avalie este post!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.