Como desenvolver hábitos saudáveis

hábitos

O tempo é algo difícil de se precificar e repor, pois o que passou não pode ser mais vivido. Vivemos em uma realidade em que as pessoas se concentram tanto em não perder o que acontece no mundo, que acabam esquecendo de cuidar delas mesmas.

Nesse sentido, adquirimos diversos hábitos que não são tão benéficos para nossa vida. Entretanto, isso não quer dizer que precisamos manter eles para sempre. Conseguimos e podemos criar uma rotina de bem-estar.

LEIA MAIS: Rotina de autocuidado: como cuidar da sua saúde mental

Para vivermos melhor no presente e termos uma boa qualidade de vida, é necessário equilibrar melhor nossa relação com o entorno que estamos e criar hábitos saudáveis capazes de trazer saúde física, emocional e mental.

Dessa forma, trouxe cinco dicas capazes de ajudar qualquer pessoa a desenvolver novos hábitos saudáveis. Entretanto, vale frisar que para isso é fundamental prática e constância nas atividades.

Agende agora uma consulta com psicólogo

Como desenvolver hábitos saudáveis

Estabeleça horários

Seja para realizar alguma leitura, alongamento ou meditação, estipule um período em que irá realizar essas atividades. Pode ser difícil realizar isso no início por conta do nosso costume a distrações, entretanto, faça um esforço para respeitar esse tempo reservado.

Aliás, isso pode trazer diversos benefícios. Quando separamos um momento para nós mesmos, conseguimos nos concentrar melhor, além de lidar melhor com os nossos pensamentos.

Faça atividades em grupo

Procure por esportes ou práticas em que ocorra interação entre mais indivíduos. Essas atividades favorecem as habilidades naturais de comunicação e interação social, que são tão importantes para nós como seres humanos. 

Essa é uma porta de entrada mais tranquila para hábitos mais saudáveis. Sabemos que, às vezes, pode não ser tão fácil começar uma atividade sozinho, por isso, tente introduzir essas novas práticas com outras pessoas.

Conheça a clínica de terapia online Telavita

Técnica “só vai”

Muitas vezes, condicionamos nossa decisão de fazer alguma atividade ao tempo, amigos, roupa, sono, séries e etc. Criamos diversas desculpas para não iniciar algo novo, quando, na verdade, tudo o que precisamos, realmente, é apenas começar. 

Esse esforço inicial é fundamental, pois a vontade e a disposição irão aparecer ao longo do caminho. Somos resistentes a mudanças, por isso, precisamos desse “empurrão”. Então “só vai”, que o gosto pela atividade vai se desenvolvendo com a prática.

LEIA MAIS: Como parar a procrastinação

Desmame do seu celular

O celular virou um companheiro importante na sociedade, entretanto, não podemos ficar o tempo todo na tela. Sim, ele facilita bastante nossas vidas, porém, é importante termos momentos de vivência sem o dispositivo.

Para quem é viciado, comece a realizar caminhadas curtas ou qualquer atividade que não leve muito tempo, mas sem levar consigo seu celular. Este pode ser um começo para os mais dependentes do seu smartphone.

Foque no seu tempo

Lembre-se de gastar seu tempo com você. Em sua vida, você precisa de momentos de equilíbrio, principalmente, para manter a saúde em dia. Dessa forma, lembre de reservar um tempo para fazer coisas que te fazem feliz e esteja presente no momento.

É importante nessas situações manter todas as distrações de lado. Sabemos que pode não ser tão fácil assim, mas estar consigo mesmo e presente naquilo que você está fazendo é fundamental para adquirir novos hábitos.

Encontre seu psicólogo online

1 COMENTÁRIO

  1. O “Estabeleça Horários”, por se reportar a rotina e, como minha mãe era perfeccionista me lembro o quanto ela era “exigente” consigo, quando havia algum aniversário justamente no dia que ela “estabeleceu” para passar roupa, por exemplo e, o que deveria ser momento de confraternização, para ela, era de angústia, porque uma atividade havia deixado de ser realizada no horário estabelecido! Quanto ao celular, digo que o meu tem status de telefone fixo: se estou no supermercado ou caminhando, penso que devo me concentrar naqueles compromissos! Nem rede social tenho: quer contactar comigo, sugiro me deixem um SMS, que agora chamam de “mando uma mensagem”! Ontem assisti uma reportagem e que me agradou porque o glamour (tão propagado pela mídia) ao home office, “perdendo força”, com depoimentos dos funcionários de que o sair da residência e estar presencialmente, na empresa, trouxe de volta o trabalho em equipe e o aspecto salutar do convívio em grupo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.