Benefícios da criatividade e inovação para a carreira: O pensar fora da caixa

0
75
criatividade e inovação

Todos os objetos que te cercam nesse exato momento foram pensados por pessoas que viram na falta deles, uma oportunidade para ousar. Tente imaginar como seria o mundo sem os aviões, por exemplo. Ir à Disney ou conhecer a grandiosa Muralha da China seria quase impossível para alguns e, provavelmente, duraria um bocado de tempo para os mais aventureiros e afortunados. Voando um pouco mais baixo, diretamente para o alcance de um touch screen, pense se os smartphones jamais tivessem sido idealizados por uma mente cheia de criatividade e com vontade de inovar e pensar fora da caixa? Parece difícil, não? Mas só é difícil de imaginar a ausência deles porque tivemos quem pensasse neles antes. 

Todos os grandes gênios foram pessoas criativas e, com certeza, inovadoras. Elas quebraram com a normalidade de suas respectivas épocas e marcaram a história. Beethoven, por exemplo, ao compor sua nona sinfonia, foi genial pois fez o que ninguém havia feito antes. Da Vinci, ao desenhar os primeiros rascunhos de um modelo de helicóptero em pleno século 16, rompeu com tudo o que havia ao seu redor e viajou além de seu tempo. Mas é preciso ser um gênio para ter criatividade? A resposta é: não. A verdade é que existem pessoas mais criativas do que outras, mas todos nós podemos desenvolver essa capacidade, segundo o psicólogo Jean Piaget. 

 O que é criatividade?

Pensar fora da caixa é a expressão que utilizamos quando nos referimos a algo ou alguém que faz uso de inovação e criatividade. A criatividade pode ser definida como a capacidade de se comportar de modo novo e adaptativo em determinado contexto. Quem é criativo consegue enxergar além do óbvio para solucionar problemas, responder perguntas e transpor o limite do que já é conhecido. 

Lucas Arthur é empresário e co-fundador da Telavita, uma startup inovadora cuja plataforma visa democratizar o acesso à saúde. Para ele, “qualquer ambiente que busca e preza por inovação deve incentivar e valorizar constantemente a criatividade de sua equipe, afinal, é da criatividade que nascem ideias que mais tarde se tornam inovações. Seja para resolver um pequeno problema ou buscar novas oportunidades, a criatividade é essencial para o crescimento sustentável no longo prazo. É por isso que considero tão importante o fomento e sustento de práticas que estimulam a criatividade,  sejam elas ritos de brainstorm ou desafios. A criatividade junto a outros elementos, é sem dúvida alguma um ingrediente indispensável para a saúde de uma corporação”, finaliza.

A criatividade na infância também é muito importante durante o crescimento, saiba mais em nosso artigo aqui no blog da Telavita.

Como desenvolver a criatividade?

Piaget aponta três condições que considera necessárias para o desenvolvimento da criatividade:

– suspeitar de influências externas;

– ler grande quantidade de coisas em outras áreas para que se possa ter uma visão interdisciplinar;

– ter um contraditor, relacionar ideias contrastantes com as suas.

Inteligência e criatividade no mundo corporativo

Exercitar a criatividade e transformá-la em inovação pode trazer diversos benefícios para a sua carreira. Entrevistamos alguns colaboradores aqui da Telavita para descobrir o que eles pensam sobre a criatividade em suas respectivas áreas e para a carreira como um todo. Confira os benefícios da criatividade e inovação!

Se aprimorar nas novidades do mercado e ficar antenado

Quem pensa que a criatividade só diz respeito ao mundo das artes, está completamente enganado, afinal, como dissemos anteriormente, a criatividade é a capacidade de ver além e solucionar situações de maneiras que não haviam sido tentadas anteriormente. Maria Carolina Higo, desenvolvedora full-stack da Telavita, também é formada em Design, e trouxe para o universo das máquinas a sua visão criativa. “A criatividade é cada dia mais essencial na área de TI. Seja desenvolvedor, gestor ou engenheiro. A demanda dos produtos digitais estão cada vez mais exigindo soluções únicas para resoluções de problemas novos. Existe muita ferramenta, tecnologia e arquitetura disponível, e é preciso pensar fora da caixa para conseguir entregar a melhor solução para o problema e/ou desafio proposto”, observa.

Ganhar destaque perante outros profissionais

É certo que quem dá as melhores ideias consegue maior destaque, e como surgem as melhores ideias? Do processo criativo! Desenvolver a sua criatividade pode te colocar à frente na sua carreira. Para Maria Carolina que é da área de TI, “os desenvolvedores mais pré-históricos, que foram e são reticentes às mudanças da área, estão perdendo espaço. Não é mais possível desenvolver “by the book” e trazer soluções prontas. Dificilmente uma entrega sem criatividade irá atender de fato a demanda do produto/cliente. O desenvolvedor/engenheiro 100% técnico, por mais genial que seja, está perdendo espaço para o profissional mais flexível, multi, criativo.  Acredito que muito pelo surgimento das startups, é muito complicado trabalhar com profissionais de TI que apresentam sempre o cômodo, o fácil, o que já foi feito. Em minha opinião, inovação e criatividade andam juntas. É impossível inovar sem criatividade”. 

Atingir novos patamares

Ser criativo traz ganhos pessoais também, afinal, você é constantemente desafiado por si mesmo e trabalhar a criatividade pode ajudar também em outras questões, como autoestima e até mesmo massagear o ego de ter uma ideia aceita. Mas, acima de tudo, a criatividade ajuda também no seu autoconhecimento pois aprende o que é capaz e o que pode fazer.

Diego Nery é social media na Telavita e aponta: “As ideias não nascem do zero, nascem com a bagagem que você tem, da equipe com quem você trabalha, e principalmente, de algo que já existe no mercado de trabalho. Assim você consegue puxar um insight daquilo que foi falado ou já foi visto e cria algo “novo”, que possa mudar a cara da empresa que trabalho, podendo levá-la onde ela quer chegar ou a um novo patamar”. Ou seja, para ele, estar sempre atualizado em cultura, novidades e tendências ajuda na hora de contribuir para uma ideia.

Pensar cada vez mais rápido e de modo eficiente

Fabio Maia é gerente de TI acredita  que a criatividade, quando exercitada constantemente, pode ser um meio eficiente de solucionar situações adversas. “O termo “pensar fora da caixa” hoje em dia e principalmente em startups, onde cada vez mais exploramos visões diferentes para resolução de um mesmo problema, a criatividade pode ser acionada tanto pela falta de recursos quanto pela necessidade de eficiência”, observa.

Aceitar e lidar com desafios de forma corajosa 

Ser criativo é ser audacioso. Em meio a uma massa social, se destacam aqueles que pensam diferente e ousam questionar o que já existe, o “pensar fora da caixa”. “A criatividade para alguns é uma inspiração que pode estar permeando numa camada do inconsciente coletivo. Então, até que ponto uma ideia é de fato original? Desse ponto de vista, a criatividade pode estar associada à sabedoria, quando mesclamos o conhecimento com a prática. Pra mim tanto a criatividade, a espiritualidade e a sexualidade são forças equivalentes e pensar dentro ou fora da caixa está associado à capacidade de enxergar o problema e criar diversas hipóteses que possam ser viáveis de acordo com as variáveis e indicadores disponíveis, tanto de forma concreta quando abstrata”, reflete Fabio.

Tanto no âmbito pessoal quanto no profissional, ser criativo traz diversos benefícios. Está na hora de despertar a sua criatividade! Caso precise de um empurrãozinho para isso, conte com os nossos psicólogos Telavita para te ajudar a construí-la, pois ela existe e mora aí dentro de você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.