Conheça os 5 sinais físicos do estresse

0
2518
5 sinais físicos de estresse

O corpo comunica a todo o momento. Reflete nosso estado mental e físico. E com os diferentes tipos de estresse não é diferente. Ele dará indícios de que o psicológico está abalado e de que algo da sua rotina está causando isso.

Seja estresse no trabalho, ou até estresse na gravidez, muitas vezes nos julgamos fortes o suficiente para continuar sem procurar por alguma ajuda. Usamos remédio para estresse e ansiedade, mas continuamos com os mesmo problemas.

A situação acaba escalando e não é só a irritação e preocupações que se tornam evidentes. O corpo começará um processo de sinalização de que sua mente não está bem e diversos problemas na saúde física surgirão. E não será o chá para estresse que ajudará.

Não adianta combater cada um dos sintomas se não tratar a raiz do problema. Portanto, ao notar sinais de desgaste psicológico e físico procure um profissional qualificado para auxiliá-lo a superar e organizar seus pensamentos e ideias. Tratando a nossa mente, cuidamos do nosso corpo, afinal, acredite ou não, o estresse engorda e o estresse emagrece também.

1. Estresse causa dor de cabeça

Não será o calmante para estresse que irá curar a sua dor de cabeça. Precisamos entender o que está causando ela para diminuir os sintomas físicos. Mesmo ela sendo “comum” para diversas pessoas, não devemos menosprezá-la, pois, se crônica, pode acabar desencadeando situações muito piores.  Por exemplo, estresse causa tontura e pode significar até em um AVC.

Um dos principais motivos são as preocupações do nosso dia a dia. Diferente de pensar, que é quando procuramos soluções para os problemas, quando nos preocupamos ficamos presos num mesmo tipo de raciocínio. Esse constante padrão de pensamento leva ao cansaço mental e, consequentemente, as dores de cabeça.

2. Estresse e queda de cabelo

A queda do cabelo pode ser relacionada a diversos fatores e o estresse é um deles. Devemos prestar atenção nessa possibilidade quando notamos a queda acentuada num curto período de tempo.

O estresse causa o aumento da produção de uma substância chamada estriol. Em quantidades elevadas, ela bloqueia a entrada de nutrientes na região capilar e enfraquece os fios. Dessa forma, ocorre a queda de cabelo acentuada.

Existe tratamento para tal, mas ele exige o acompanhamento de um psicólogo, já que estamos tratando de um distúrbio psicológico. Utilizar algum medicamento para estresse, como calmante, como ajudar no curso prazo, porém o tratamento é a melhor opção.

3. Estresse: baixa imunidade

Claro, a baixa imunidade não é uma consequência exclusiva do estresse. Falta de exercício físico e dieta pobre também influenciam o cenário de uma saúde fragilizada. Porém, devemos entender que ele é um componente que só piora o quadro geral.

Ao levar uma rotina de estresse intenso, o organismo não aguenta e sofremos um grande prejuízo no nosso sistema imunológico. Não devemos ser levianos nesse sentido. Estresse causa febre e mal-estar também. Somente quando compreendermos dessa forma, que tomaremos atitudes mais contundentes. A saúde mental está diretamente relacionada com a saúde física.

4. Estresse causa dores no corpo

Assim como na mente, quando estamos estressados, nosso corpo também fica em estado de alerta. Alerta. O próprio nome já indica que ele não possui hora para acabar. E como o corpo está sempre nessa condição, os músculos não relaxam e, então, começam a surgir as fadigas e as lesões.

A tensão constante no organismo pelo estresse físico resulta em dores musculares. Dores na coluna, no pescoço e até enxaquecas começam a aparecer. É importante buscar um especialista para tratar desse quadro.

5. Estresse: sintomas na pele

O dia não foi dos melhores. Muitas situações estressantes no trabalho e logo que você chega a casa, quer dormir para esquecer os problemas. No dia seguinte, você acorda com o braço todo empipocado e vermelho. O que será que aconteceu? Bem, o estresse é uma resposta provável.

O estresse pode causar reações alérgicas na pele e devemos tomar muito cuidado com ela. Dependendo do nível e da frequência, isso pode ter consequências futuras perigosas. Não há sinal mais claro do efeito do estresse no seu corpo. Então, procure um especialista e faça um tratamento para cuidar da sua saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.