5 benefícios do abraço e a sua importância na saúde física e mental

0
7182
importância do abraço

Em 1969, Gilberto Gil resolveu dar um abraço em todos os seus ouvintes através da música “Aquele Abraço”: ” Pra você que me esqueceu – aquele abraço! | Alô, Rio de Janeiro – aquele abraço! |Todo o povo brasileiro – aquele abraço!”. O poder do abraço é inigualável para quem está triste e precisa de apoio, para quem sofreu uma perda ou simplesmente para demonstrar o que se sente. Também tem o abraço de saudade, o abraço de amizade e o abraço de amor. A verdade é que qualquer tipo de abraço é bom. 

O significado de abraço pode variar de cultura para cultura, mas em qualquer uma delas, os seus efeitos positivos serão os mesmos, assim como quem não recebe ou dá abraços e carinho em geral, não tem acesso a essas emoções benéficas. 

As demonstrações de afeto são essenciais no crescimento saudável de bebês e crianças. A história das crianças de orfanatos romenos pode provar isso. Parece difícil de acreditar, mas uma política pública determinou que elas não recebessem nenhum tipo de carinho e afeto dos funcionários dos abrigos, mesmo que fossem bebês e chorassem por uma noite toda. Ao crescerem, desenvolveram uma série de problemas psicológicos e emocionais estudados pelo pediatra Charles Nelson, do Hospital de Crianças de Boston, nos Estados Unido. crianças romenas > Faz as crianças crescerem mais saudáveis

Abraçar produz todo o tipo de efeitos positivos no corpo, na mente e no coração. Os benefícios científicos do abraço vão desde dar a sensação de bem-estar, até prevenir doenças. 

Promove a sensação de bem-estar

Segundo pesquisas, dar ou receber um abraço ativa os liberadores do hormônio oxitocina. “Quando isso acontece, os níveis de cortisol (hormônio do estresse) diminuem no organismo. Também está intimamente ligada à sensação de prazer e de bem estar físico e emocional e à sensação de segurança e de fidelidade entre o casal”, explica a endocrinologista Tatiana Cunha, em entrevista para a revista Exame

Conhecido como o hormônio do amor, ele nos ajuda a recarregar as baterias emocionais quando estamos perto de pessoas que amamos. É por isso é que nos sentimos tão bem e mais relaxados após abraçar, beijar ou tocar a pessoa amada, seja ela um parceiro(a), amigo(a) ou familiar. 
sensação de receber um abraço também aumenta os níveis de oxitocina, substância que reduz o estresse. Sendo assim, se estiver em um dia estressante um abraço caloroso pode ajudar.

“O autoconhecimento é a chave de mudanças. Saiba como a psicologia online pode te ajudar!”

Afasta o estresse, depressão e outras doenças psicológicas

Pesquisadores da CMU (Universidade Carnegie Mellon), em Pittsburgh (EUA), liderados pelo professor de psicologia, Sheldon Cohen, resolveram testar suas teorias que que os abraços agiriam como um tipo de “apoio social” e se a sua frequência poderia diminuir o estresse, assim como as infeções e doenças psicológicas relacionadas a ele. 

Os resultados comprovaram a teoria. “Sabemos que as pessoas que admitem ter apoio social são parcialmente protegidas dos efeitos do estresse, em estados de ansiedade e depressão“.

Outro estudo resolveu mergulhar nessas questões e provar a importância de um abraço para o psicológico, emocional e para a imunidade. A pesquisa realizada pela Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, revelou que um abraço caloroso diminui os níveis de cortisol e a norepinefrina, hormônios relacionados ao estresse. 

AQUIII

Previne contra doenças

No estudo realizado pelo psicólogo Sheldon Cohen que provou a liberação do hormônio do amor, a oxitocina, durante o abraço, também foi comprovada a prevenção de doenças infeciosas, como a gripe. Como funcionou o experimento? 

Um grupo de 404 adultos saudáveis foi analisado e entrevistado através de ligações telefônicas realizadas todos os dias, por 14 noites. Depois dessa primeira fase, o grupo foi o intencionalmente exposto ao vírus da gripe e colocado em quarentena. A monitoração mostrou algo surpreendente:  um terço das pessoas pesquisadas não desenvolveu os sintomas da gripe, as mesmas que receberam mais abraços e apoio de pessoas de confiança. 

A conclusão é de que o afeto pode prevenir doenças e promover bem-estar. Portanto, já sabe, né? Cultivar bons relacionamentos e muitos abraços é bom para saúde!

Comunica emoções

Um toque, um beijo ou um abraço pode dizer mais do que palavras. O carinho é uma fonte de bem-estar, como dito anteriormente, e faz com que o outro sinta emoções positivas. Portanto, quando você abraça, você comunica ao outro que sente afeição por ele.

A BBC publicou um artigo em que afirma, segundo pesquisas, que o toque de mão por bibliotecários e vendedores levou a uma impressão mais favorável e amigável de bibliotecas e lojas. É que as pessoas percebem esse toque como algo agradável e, altruistamente, retornam o gesto com maiores gorjetas em restaurantes ou frequentar mais o espaço em que foi tratado bem.

Salva vidas

Já mencionamos muitos benefícios do afeto, mas o poder de um abraço pode ir mais além, ele pode salvar vidas! A morte de bebês prematuros já passa de 20 milhões por ano, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). Porém, pesquisas sugerem que o método mãe-canguru é extremamente efetivo nos cuidados com esses bebês e consegue evitar a morte deles. O método desenvolvido em Bogotá, Colômbia, é bem simples: o pai ou a mãe do bebê simplesmente o coloca contra o peito por longos e repetidos períodos.

Descobrimos que dentro de um abraço cabem benefícios grandiosos à saúde física, mental e emocional. Portanto, na próxima vez que estiver com alguém que gosta, é só partir pro abraço!

A psicóloga da Telavita, Flavia Romano Barbato (CRP 06/55863), pode te ajudar na busca pelo autoconhecimento!

flavia romanoPsicóloga com mais de 18 anos de experiência na área clínica. Tenho ampla experiência em pessoas com depressão, ansiedade, pânico, transtorno obsessivo compulsivo, doenças crônicas e graves, autoestima, medos, conflitos pessoais, familiares, amorosos e profissionais. Trabalho com a terapia cognitivo-comportamental, além disso, com psicoterapia breve em momentos de crise. Estou sempre em constante atualização para ter cada vez mais técnicas para ajudar o meu paciente.

 

“Agende uma consulta com a Flavia aqui!”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.