Conflitos no Ambiente de Trabalho – Conciliação e mediação

0
1768
conflito no ambiente de trabalho

Ao longo da carreira profissional todos se deparam com conflitos no ambiente de trabalho, e eles ocorrem porque as pessoas possuem modos de pensar, tomar atitudes e consequentemente opiniões diferentes.

Por isso é preciso saber como agir diante de situações de conflitos para que não haja perda de produtividade dos funcionários ou que os mesmos não se sintam infelizes neste ambiente.

Para diminuir esse tipo de risco nas empresas, há o trabalho de um profissional que orienta e identifica possibilidades de focos de desentendimento e baixa produção, ele será capaz de orientar a melhor maneira de evitar crises ou mostrar o melhor caminho de lidar com elas.

Na maioria das vezes (não todas) esse profissional possui também formação em psicologia, que auxilia ainda mais no processo de compreensão e adequação de funcionários para as empresas, ou da própria pessoa para o mercado de trabalho.

Como começam os conflitos no ambiente de trabalho?

O que parece normal na verdade pode representar os primeiros indícios de desconforto dos funcionários no ambiente de trabalho, por exemplo: diminuição da produtividade, brincadeiras desnecessárias, indiretas entre colaboradores e perda de interesse nas atividades exercidas. Geralmente os conflitos acontecem quando algum funcionário não se sente satisfeito com alguns (ou diversos) pontos da empresa, ou além até mesmo a sensação de desvalorização em sua função.

O ideal em um ambiente de trabalho é que esteja tudo alinhado, e que todos os colaboradores prezem por transparência e comprometimento. Para isso é importante que haja a interação entre os recursos humanos e os trabalhadores, onde eles possam sempre expor e comentar como se sentem e até mesmo projetos ou atividades que os fazem se identificarem como prejudicados.

Sendo assim, as reuniões semanais são ferramentas interessantes, pois abrirão a possibilidade de acolher todas as opiniões e verificar se os envolvidos estão de acordo e cientes com as normas e condutas da empresa. Desta forma evita-se o desconforto ou decepções.

Através dessas conversas os profissionais serão capazes de identificar também, fatores que poderão levar às brigas e desentendimentos dentro do trabalho.

Ajuda de um psicólogo

O psicólogo é um dos especialistas que podem ajudar nesses casos de conflitos ou de levantamento de dados, o que traz maior segurança tanto para os funcionários, quanto para os empresários.

Profissional especializado em recolocação profissional

Como dito anteriormente, existem profissionais especializados nestes assuntos que trabalham de forma direta com os recursos humanos de uma empresa, e que apresentam técnicas e modos diferenciados para avaliar a postura e desenvolvimento do clima organizacional. Suas técnicas para minimizarem conflitos consistem em estratégias avançadas que fazem os trabalhadores encontrarem oportunidades de enxergar sempre além do problema, colocando em prática a ética e as atitudes de valor.

Algumas dicas desses especialistas para quem faz parte de um cenário empresarial são:

  • o bom profissional sabe o momento certo de falar, e o que falar;
  • não precisa se expressar se não for com sinceridade;
  • não se deve julgar os outros colaboradores;
  • é importante começar a se expressar sempre demonstrando entendimento do contexto geral;
  • ter visão autocrítica;
  • ter humildade e saber reconhecer os seus próprios erros, além de pedir desculpas se causou desconforto para alguém.

Também podemos falar dos Headhunters, – profissionais formados e especializados na área de gestão de pessoas, que possuem uma visão de mercado aguçada – que podem ajudar os indivíduos que desejam encontrar um ambiente de trabalho que melhor se encaixa em seu perfil profissional. Atualmente eles também se tornaram muito conhecidos por fazerem recrutamentos mais eficientes para as empresas.

Dicas para lidar bem com momentos de conflito

Confira algumas dicas que podem te auxiliar em momentos de discussões:

  • respeito a todos: não importa que são colegas de trabalho ou o chefe;
  • controle emocional: cuidado em direcionar muito sua raiva para alguém;
  • paciência: pensar antes de falar e não revidar as palavras com o mesmo tom, para não dar continuidade à briga;
  • perdoar:  saiba que desculpar alguém, é um dos melhores caminhos para se ter paz no ambiente de trabalho;
  • agir com inteligência: não perca o controle! Respire muito fundo e saiba agir com cautela;
  • maturidade: saiba separar o ambiente de trabalho da vida pessoal;
  • reflexão: sempre expor os sentimentos com cautela e bom-senso;
  • sinceridade: se você perceber que tem alguém com assuntos mal explicados, chame a pessoa e tente conversar.

Desta forma é importante ressaltarmos que existem diversos profissionais especializados que podem orientar tanto as pessoas que buscam por uma melhor colocação no mercado, quanto a empresa que prioriza por um ambiente saudável, com trabalhadores motivados e um menor desperdício com contratações, demissões e possíveis processos trabalhistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.