Consumo consciente e a compra compulsiva

0
310
oniomania

A compra compulsiva ou oniomania, muda os hábitos de diversos indivíduos, fazendo com que eles procurem o escape para transtornos e ansiedades através de compras desnecessárias e obsessivas.

Assim como existem compulsões que descontrolam a alimentação, que tornam as pessoas mais agressivas com elas mesmas ou com os outros, há também a que procura o alívio através do gasto excessivo por meio das compras.

Mas assim como as demais a oniomania possui tratamento, onde o paciente junto com o psicólogo buscarão a origem desses problemas emocionais que causam as compras compulsivas, e assim, consequentemente chegarão a melhor solução.

O que é uma compra consciente?

Para entender melhor a oniomania, precisamos primeiro apontar o que é uma compra sensata. A compra consciente se opõe às tendências do mercado ou do consumismo. Ao contrário de gastar com o máximo de coisas ou cair na tentação de qualquer propaganda, ela busca a consciência e a reflexão através de diversas perguntas, que devem ser feitas no momento da ação:

  • “É realmente necessária fazer essa compra?”
  • “Eu preciso ou necessito desse produto?”
  • “Estou comprando por desejo ou necessidade?”
  • “Eu posso pagar essa compra?”

Com essas simples perguntas, consegue-se distinguir o que se compra automático, espontaneamente e atribui-se uma atitude reflexiva para as ações.

Quando a compra consciente tornar-se um hábito, os benefícios são inúmeros para a pessoa, pois gasta-se menos, diminuem as dividas, não acumula itens desnecessários e a vida se torna mais funcional e sem contas inúteis.

Dicas de como fazer uma compra consciente

Confira algumas dicas que podem ajudar a mudar os hábitos consumistas:

  • eliminar os gastos por desejos;
  • controlar todas as movimentações financeiras;
  • eliminar o uso excessivo do cartão de crédito e preferir compras à vista;
  • não se impressionar ou se deixar levar por liquidações.

Compra compulsiva: a oniomania

oniomania é a compra excessiva e descontrolada, onde ela surge como uma forma de compensar angústia, ansiedade e diminuir outros desconfortos físicos e principalmente psicológicos. Geralmente após a compra o indivíduo se sente eufórico e realizado. Mas esses sentimentos não duram muito, e logo após desaparecer a necessidade de compra resta somente o arrependimento e frustração.

Algumas pessoas que sofrem com essa ação compulsiva, relatam que mudam o caminho para não passarem em lojas, porque são capazes de fazerem compras descontroladas e sem necessidade.

Sinais de um consumidor compulsivo

  • mente e omite as compras que fez;
  • omite também as dívidas que possui;
  • sempre cogita pegar um empréstimo para cobrir todos os gastos;
  • arrependimento após a compra;
  • sentimento de frustração, fraqueza e tristeza;
  • sempre procura por maneiras de conseguir dinheiro;
  • compras desnecessárias e exageradas;
  • possui muitas dívidas;
  • tem problemas familiares ou nos relacionamentos, por causa de seus gastos;
  • preocupações excessivas;
  • se sente muito triste, e sempre busca ficar feliz;
  • as compras são como um alívio temporário para a ansiedade.

Sintomas

Os principais sintomas dessa doença são:

  • desejo de compra compulsiva;
  • o indivíduo sabe que está em uma situação fora de controle;
  • nunca sasseia o desejo, apesar das diversas compras;
  • efetua novas compras, mesmo tentando evitar;
  • possui hábito de acumular coisas;
  • sempre estão em estado de ansiedade ou tensão;
  • depois de concluírem a compra ficam em um estado de euforia, mas que logo modificam-se para tensões e arrependimentos;
  • sentem raiva e tédio constantemente;
  • estão sempre à procura de novas coisas para adquirirem;
  • mentem e escondem dos amigos e familiares tudo que compraram.

Tratamento

Como a oniomania é caracterizada como um transtorno de humor, ansiedade e nervosismo, o tratamento mais aconselhável é junto a um profissional que possa encontrar a fonte de origem do problema.

Um psicólogo poderá através de sessões buscar a melhor maneira com técnicas que coíbem o comportamento compulsivo.

Lembrando que o tratamento não é relacionado a educação financeira, mas sim ao cuidado com o emocional, que leva ao descontrole consumista.

Com as instruções corretas será possível:

  • encontrar resultados positivos, com mudanças e evolução;
  • possuir maior controle das atitudes e emoções;
  • diminuir o foco da ansiedade;
  • aprender maneiras de se controlar.

A pessoa que possui a oniomania sofre na maioria das vezes calado, porque não tem controle dos impulsos, mas ela sabe que sua atitude não está certa. A sensação de alívio é curta e após sua passagem, a pessoa fica estressada, acumula tensão, angústia e desespero.

Portanto, o mais aconselhável é procurar ajuda psicológica e cessar esses sentimentos de ansiedade, tristeza e tensões que fazem o indivíduo realizar compras excessivas e desnecessárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.