Distúrbios do sono: Confira 5 sintomas da apneia do sono!

0
47
apneia sintomas

Cerca de 1 bilhão de pessoas sofrem com esse distúrbio. A apneia do sono e seus sintomas podem impactar profundamente a vida de muitos.

Imagine estar dormindo e, de repente, parar de respirar durante o sono. Agora imagine que esse processo pode ser repetir até 35 vezes durante 1 minuto. Parece desesperador, não? É o que acontece com alguém que possui apneia do sono.

apneia do sono é um distúrbio que afeta 30% da população mundial, cerca de 1 bilhão de pessoas. Do que se trata essa síndrome do sono
“Ela compreende episódios de oclusão parcial ou também completa das vias respiratórias superiores durante o sono e provoca a cessação da respiração (definida como um período de apneia >10 s)”, explica o Manual MSD. 

Esse bloqueio ocorre pois os músculos da parte de trás da boca relaxam e obstruem a passagem de ar na garganta. A falta de oxigênio afeta o sistema nervoso, comprometendo até a pressão arterial, o que pode ocasionar diversas doenças cardiovasculares.

1 – Dificuldade para respirar

Respirar parece algo fácil e rotineiro, mas para quem sofre de apneia, a sensação de sufocamento durante o sono é constante e causa sérios problemas à saúde. Esse problema se dá por conta do bloqueio das vias respiratórias. 

Esse bloqueio ocorre pois os músculos da parte de trás da boca relaxam e obstruem a passagem de ar na garganta. A falta de oxigênio afeta o sistema nervoso, comprometendo até a pressão arterial, o que pode ocasionar diversas doenças cardiovasculares.

2 – Ronco

O ronco, um dos sinais mais marcantes e barulhentos do distúrbio, é resultado das vibrações que as estruturas da garganta fazem por estarem comprimidas devido à obstrução do ar. Ou seja, o que causa o ronco, é justamente esse processo em que se dá o relaxamento dos músculos e o bloqueio da passagem do ar.

3 – Despertares recorrentes

Já falamos sobre o processo de bloqueio que as vias respiratórias sofrem e que isso pode acontecer até 35 vezes durante 1 minuto. Isso não parece nada confortável, não? Esses episódios anormais fazem com que o corpo desperte para regular novamente as suas funções.

A cada obstrução, o ciclo do sono é colocado em risco e interrompido, gerando despertares recorrentes e que impactam demais na vida dos pacientes.

4 – Sono em excesso durante o dia

Um dos sinais e consequências da apneia do sono é a sonolência durante o dia, já que quem sofre do distúrbio não consegue completar o ciclo do sono durante a noite. 

É durante a noite que o sono completa sua missão restauradora, essencial para a saúde do organismo pois na capacidade dos indivíduos sentirem-se bem durante o dia. Isso acontece porque, durante o sono, o corpo remove do cérebro proteínas tóxicas, as beta-amiloides. Se não forem removidas, interferem com o funcionamento do cérebro.

Quando o indivíduo não dorme, a sensação de bem-estar que o efeito restaurador do corpo promove durante a noite não acontece.

5 – Alterações de humor

Cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, observaram que os níveis dos neurotransmissores GABA e glutamato, moduladores das emoções, de quem sofre de apneia se encontravam acima do normal. Isso pode explicar no desenvolvimento das doenças psicológicas como depressãoansiedade estresse

O tratamento para apneia pode se dar através de aparelhos, máscara CPAP e, nos casos refratários, cirurgia. Uma reavaliação da higiene do sono também fundamental.

Confira aqui dicas para melhorar o sono e promover sua higiene!

A terapia também é uma ótima aliada nos casos em que há a comorbidade entre apneia e depressão, ansiedade ou estresse. Assim, o psicólogo auxiliará na redução dos gatilhos e em terapias que ajudem a melhorar o sono.

Avalie este post!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.