Qual o melhor dia para fazer terapia?

melhor dia terapia

Para muitos, o agendamento acaba sendo uma das etapas mais demoradas do processo para iniciar uma terapia. Entretanto, ele não precisa ser difícil. Uma das questões mais frequentes sobre o assunto é em relação a data para realizar o atendimento com o psicólogo e, portanto, estamos aqui para facilitar tal jornada.

São várias as opções e, por isso, podem acabar confundindo quem esteja procurando pela primeira vez uma ajuda psicológica. Nesse sentido, existem alguns pontos para levar em consideração e que podem tornar mais tranquila a etapa de decidir o dia para fazer sua terapia.

Qual o melhor dia para fazer terapia?

Como você já devia esperar, não existe uma resposta correta. Porém, “existem três aspectos a serem considerados aqui. O primeiro é sobre uma questão prática. O segundo é sobre os níveis de energia. E o terceiro é mais emocional”, analisa a psicóloga Karen Dempsey.

Primeiramente, devemos prestar atenção em como encaixar a terapia na nossa rotina. “Do ponto de vista prático, você pode ter muito o que conciliar na vida. Você precisa que suas sessões de terapia se ajustem à sua programação” comenta Dempsey.

LEIA MAIS: Qual o melhor horário para fazer terapia?

Entretanto, além de fazer o acompanhamento psicológico, é necessário fazê-lo de forma correta. Sendo assim, procure um dia em que você esteja se sentindo bem e com tempo de sobra após a sessão para conseguir processar os sentimentos trabalhados com o profissional.

Dessa forma, o início da semana acaba sendo muito procurado pelos pacientes, pois eles ainda possuem a energia necessária para estarem presentes e bem durante a psicoterapia. Além disso, realizar o procedimento logo no começo da rotina permite que as pessoas organizem os pensamentos e se preparem para tudo que irão enfrentar durante a semana.

Quando nos sentimos pior durante a semana?

Apesar da crença popular apontar para a segunda-feira como o pior dia da semana, alguns estudos indicam que ela não é tal vilã. Outros dois dias assumem esse posto com evidências científicas que corroboram tal premissa.

De acordo com uma pesquisa da London School of Economics, a terça-feira foi percebida como o pior dia da semana entre os 22 mil participantes. “Na terça-feira, as pessoas já começaram a semana de trabalho e o fim de semana seguinte ainda não está à vista”, comenta o pesquisador George MacKerron.

Entretanto, uma diferente pesquisa aponta para outro dia da semana como sendo o mais depressivo. Segundo um estudo da Universidade de Sidney, a quarta-feira foi identificada como a “vencedora” dessa competição.

LEIA MAIS: Além da terapia: o que fazer para melhorar sua saúde mental

Nesse sentido, é importante avaliar tais dias, pois são aqueles em que a maioria das pessoas se sentem pior. Dessa forma, o atendimento psicológico surge como uma forma de lidar com determinadas questões que possam ser intensificadas nessas datas.

Inclusive, a terapia realizada no meio da semana pode ajudar a pessoa a processar o que está acontecendo com ela. Sendo assim, consegue atuar como um respiro das turbulências da rotina, além de auxiliar a reorganizar os pensamentos para prosseguir bem os próximos dias.

Ainda, os últimos dias da semana de trabalho também podem ser uma opção interessante. Dessa forma, o paciente consegue ter uma visão completa do que aconteceu durante a rotina, além de entrar mais leve no final de semana.

E o final de semana?

Você sabia que é possível realizar o acompanhamento psicológico no sábado ou no domingo? Apesar de não ser uma alternativa tão conhecida pelas pessoas, vários profissionais deixam a sua agenda aberta para esses dias.

E realizar a psicoterapia durante o final de semana pode ser uma vantagem. É comum observarmos vários pacientes com dificuldade para encaixar as suas atividades com uma janela de horário para cuidar da saúde mental.

Por conta disso, o sábado e o domingo aparecem como opções viáveis para aqueles que possuem um dia a dia corrido. Dessa forma, encaixar os seus horários para realizar o atendimento pode ser bem mais fácil do que durante a rotina desenfreada.

Aliás, essas datas permitem que a pessoa consiga se programar para a terapia, além de deixar um tempo de respiro após a sessão. Nem tudo é preciso ser feito durante os dias da semana, por isso, explore essa possibilidade ao pensar em quando irá fazer sua terapia.

LEIA MAIS: Será que tenho algum transtorno psicológico?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.