11 verdades sobre obesidade que você precisa saber

fatos sobre obesidade

Obesidade é doença. Diversos órgãos internacionais já apontaram essa questão. Mesmo assim, a situação não é tratada dessa forma, seja pela mídia ou sociedade no geral. A obesidade no Brasil já afeta 19,8%, de acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel). E o número só tende a aumentar. É preciso falarmos sobre algumas verdades sobre obesidade.

Mas, o que é obesidade? Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é o “acúmulo anormal ou excessivo de gordura que apresenta risco à saúde”. Existem tratamentos para obesidade, mas o desconhecimento da sua complexidade ainda prejudicam a recuperação plena.

Nesse sentido, aparecem diversos mitos que distorcem a real figura da doença. Dessa forma, trazemos algumas verdades sobre a obesidade que você precisa saber para aprofundar o seu conhecimento no assunto.

A hereditariedade influencia na obesidade, mas não é um fator determinante

Os fatores genéticos definitivamente influenciam na incidência da obesidade, entretanto, eles não são determinantes. Ou seja, os genes não definem se a pessoa vai ser obesa. Apesar da importância genética, o conjunto de outros fatores determinarão a doença.

Alterar o estilo de vida possui um papel mais importante no emagrecimento do que remédios

A utilização de remédios dietéticos é cada vez mais comum, porém essa não deve ser a principal ação no emagrecimento. Eles ajudam, porém, caso a pessoa queira perder peso, ela deve mirar na mudança do estilo de vida.

Dormir mal ajuda a engordar

O sono é importante para diversos aspectos da nossa saúde. Quando dormimos mal, elevamos a taxa de hormônios que dão fome e deixamos o nível de hormônios que saciam a fome abaixo do normal. Dessa forma, ingerimos mais alimentos e, consequentemente, ganhamos peso.

As aulas de educação física não são fatores preponderantes na redução da obesidade infantil

A importância dos exercícios e das aulas de educação física são indiscutíveis, eles são uma das verdades sobre obesidade. Entretanto, no seu formato atual, até programas físicos educacionais especializados são ineficazes na redução do Índice de Massa Corportal (IMC) e na incidência da obesidade.

Apesar de ajudar a perder peso, é difícil manter as dietas por um longo tempo

As dietas não foram feitas com o intuito de durarem muito tempo, pois querem resultado rápidos. Ou seja, não estamos tratando necessariamente de uma alimentação saudável, mas somente da redução de peso. Há longo prazo e para melhores resultados, é indicada a reeducação alimentar.

O aumento da atividade física faz bem para o corpo, independentemente do tipo de emagrecimento

Não é segredo para ninguém que a realização de exercícios físicos contribuem em diversos benefícios para o corpo e a mente. Nesse sentido, o aumento da atividade física não é necessariamente recomendada somente para quem deseja perder peso, mas para todas as pessoas.

A manutenção das condições que promoveram o emagrecimento ajudam a pessoa a manter o peso

Após o tratamento, como combater a obesidade para ela não voltar? Manter o que estava sendo feito é uma ótima opção para manter o peso. Como as intervenções eram realizadas exatamente para o emagrecimento, também podem ser utilizadas para ajudar na manutenção do peso.

O envolvimento da família ajuda no tratamento de crianças com obesidade infantil

A família possui um papel fundamental na luta contra a obesidade na infância. A aproximação e o apoio são determinantes no tratamento. Além disso, é uma oportunidade de nova visão coletiva sobre o assunto e o envolvimento de todos contagia a criança.

Pessoas que perdem peso rapidamente são mais propensas a pesar menos após muitos anos

A manutenção de peso depende de alguns fatores. Além da questão biológica, o aspecto motivacional influencia no processo. Existem pessoas que naturalmente possuem menos problemas em perder peso, o que facilita a manutenção do corpo a longo prazo.

Substituir refeições por produtos dietéticos de baixo teor calórico ajuda na perda de peso

Realmente essa é uma das verdades sobre a obesidade. Os produtos dietéticos são uma das opções para quem deseja perder peso. Apesar de certo estigma sobre eles, cumprem o seu papel no emagrecimento.

A cirurgia bariátrica, em alguns casos, traz emagrecimento duradouro e reduz o risco de diabetes e mortalidade.

A cirurgia bariátrica é indicada somente para alguns graus de obesidade mais extremos. Mesmo assim, os seus benefícios vão além da redução de peso. Já foi comprovado que ele também diminui o risco de doenças, como diabetes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.