Hipocondria – Conheça as causas e sintomas deste transtorno

0
4583

Todos nós temos medo de morrer, afinal sabemos que esta vida é finita e que diversos fatores podem nos tirar dela subitamente. Mas e quando chegamos ao ponto de não viver com receio de morrer? Onde tudo torna-se uma ameaça de uma possível contaminação, ou você tem a certeza de que está doente sem sintomas nem motivos aparentes. Este tipo de pensamento é o que rodeia a cabeça de quem tem Hipocondria.

O hipocondríaco é uma pessoa que se concentra demais em seu corpo, ficar perto de outras pessoas e passar por determinadas situações aumentam muito sua ansiedade, pois ele se vê em um mundo onde não possui o controle de tudo, então ele delega todo o seu foco ao funcionamento do próprio corpo.

O que é Hipocondria?

A hipocondria é um transtorno no qual a pessoa possui um medo exacerbado, que não condiz com a realidade da ameaça de vida à sua saúde. Esta condição gera uma grande ansiedade de encontrar uma resposta, buscando justificativas médicas mesmo sem nenhum sintoma ou diagnóstico, levando a pessoa até mesmo a se automedicar para ter a sua “cura” de algo que não existe.

A pessoa hipocondríaca vê em uma simples dor de barriga ou de cabeça as doenças mais graves possíveis, e sente como a morte fosse já fosse algo concreto. Sua atenção está tão focada no funcionamento de seu organismo, que uma pequena alteração do batimento cardíaco é notada e pensamentos de doenças cardíacas surgirão instantaneamente.

Sintomas da Hipocondria

Os sintomas mais acentuados e comuns da Hipocondria são:

  • Excesso de preocupação com a própria saúde;
  • Medo descontrolado de ser acometido por alguma doença grave;
  • Muito conhecimento sobre doenças, na maioria das vezes histórias de pessoas que ela já escutou e que foram vítimas de algum problema de saúde;
  • A pessoa se auto reconhece em doenças de outros;
  • Sempre sente dores no corpo;
  • Certeza de que há algo errado com a sua saúde;
  • Ninguém identifica nem reconhece o motivo das queixas da falta de saúde;
  • Fica muito irritado quando o médico não confirma nenhuma doença em seu diagnóstico.

Causas do Transtorno Hipocondríaco

Não há causas ao certo confirmadas para este transtorno. Porém alguns históricos são comuns. A genética é um fator como em qualquer doença psiquiátrica, mas as pessoas não nascem completamente hipocondríacas, então são os acontecimentos em sua vida que fazem com que ela seja desenvolvida.

  • Viver cercado de pessoas com problema de saúde;
  • Ser superprotegido durante seu desenvolvimento;
  • Receber cuidados excessivos quando criança para qualquer problema simples de saúde;
  • Vivencia de mortes prematuras de pessoas queridas;
  • Ter algum outro transtorno de ansiedade;
  • Desenvolvimento infantil controlado por pais negligentes.

O transtorno existe na pessoa e ela precisa do gatilho para dispará-la. É importante entender que o hipocondríaco realmente sente a doença que criou em sua mente. As dores são reais, sejam elas causadas pelo seu psicológico ou por algum esforço normal do dia a dia. Não é um delírio, geralmente o próprio stress causado pela hipocondria torna-se para o paciente o sintoma tão significativo para a doença que ele imagina que desencadeou tudo.

O Tratamento da Hipocondria

O tratamento para a Hipocondria é realizado a partir das Terapias: psicoterapia, cognitivo-comportamental e intervenção psicológica. O autocuidado será necessário, o paciente terá que aprender técnicas de relaxamento, para melhor controlar sua respiração, fazer exercícios aeróbicos e atividades como meditação, tudo que possa controlar a ansiedade e também terá que desenvolver uma técnica de gerenciamento do estresse para agir assim que aparecer os sintomas.

O uso de medicamento como o Inibidor seletivo de recaptação de serotonina também é aconselhado. E todo o acompanhamento deverá ser realizado por profissionais como o psicólogo, psiquiatra, pediatra e clínico geral.

O primeiro passo para tratar a Hipocondria é reconhecer o problema. É muito difícil o paciente aceitar que possui este transtorno e buscar por ajuda, então se você conhece alguém nestas condições é muito importante saber orientá-lo para que busque um especialista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.