Entenda a diferença entre Transtorno Bipolar e Borderline

0
2534
transtorno bipolar e borderline

A confusão entre os dois transtornos é muito comum, o que pode prejudicar a disseminação de informações e a procura por tratamento adequado. Embora compartilhem algumas características, borderline e bipolaridade são distúrbios mentais diferentes.

O que é Síndrome de Borderline?

Também conhecida por Transtorno de Personalidade Limítrofe ou Transtorno de Personalidade Borderline, os pacientes com Síndrome de Borderline possuem um padrão de mudanças súbitas de humor, comportamentos impulsivos e autodestrutivos, deturpação da autoimagem, compulsões, descontrole emocional, entre outros. Eles também passam por episódios intensos de raiva, ansiedadedepressão e dificuldade em criar laços, já que seus relacionamentos são instáveis.

Segundo a Sociedade Brasileira de Psicologia (SBP), acredita-se que o transtorno seja mais predominante em mulheres (75%) e que os sintomas apareçam entre 18 e 25 anos de idade.

Síndrome de Borderline: Sintomas

  • Autoimagem distorcida;
  • Baixa autoestima; 
  • Relações instáveis e turbulentas;
  • Emoções intensas; 
  • Descontrole emocional;
  • Impulsividade;
  • Imprudência;
  • Agressividade;
  • Tendências compulsivas;
  • Alterações de humor;
  • Automutilação;
  • Comportamento suicida;
  • Sentimento de abandono;
  • Solidão;
  • Entre outros.

O que é bipolar?

O transtorno afetivo bipolar é uma doença crônica caracterizada pela alternância entre dois polos: o depressivo e o eufórico. Essas mudanças podem ocorrer de forma súbita e intensa. 

polo depressivo pode carregar características similares as de um quadro de depressão,como a perda de interesse e prazer nas atividades que antes o paciente realizava, pessimismo, baixa autoestima, insônia e isolamento. Esse estágio também pode ser conhecido como transtorno bipolar depressivo.

Já no polo da mania, o indivíduo se sente eufórico, alegre, autoconfiante, hiperativo e muito falante. Porém, possui alguns sintomas psicóticos como delírios de grandeza, aumento da libido e atividade sexual, falta de avaliação em situações de risco, além de se tornar bastante irritável.

Bipolar: Sintomas

pessoa bipolar experimenta essas flutuações de humor cujos efeitos negativos em sua vida são enormes, já que atuam sobre as atitudes e reações, sendo essas, geralmente desproporcionais às situações.

  • Raiva;
  • Ansiedade;
  • Apatia;
  • Angústia;
  • Euforia;
  • Descontentamento geral;
  • Culpa;
  • Perda de interesse e prazer em atividades;
  • Tristeza;
  • Mudanças súbitas de humor (ciclo circadiano do humor, ou seja, acordar sem energia e triste, mas ir melhorando ao longo do dia.)

No comportamento, a pessoa bipolar pode experimentar:

  • Agressividade;
  • Agitação;
  • Choro excessivo;
  • Hiperatividade;
  • Impulsividade;
  • Irritabilidade;
  • Autolesão.

A cognição do paciente bipolar também pode ser afetada:

  • Falta de concentração;
  • Pensamento e fala acelerados;
  • Lentidão em atividades;
  • Falsa imagem de superioridade;
  • ilusão.

E também sofrem no psicológico:

  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Episódios maníacos;
  • Paranoia.

Além disso, a bipolaridade também pode ser sentida na pele, já que os sintomas físicos existem:

  • Excesso ou falta de sono;
  • Ganho ou perda de peso;
  • Fadiga;
  • Inquietação.

Diferença entre transtorno bipolar e borderline: Conheça as principais!

Uma das principais confusões entre bipolar e borderline são as alterações de humor, por isso muita gente acha que os dois transtornos são a mesma coisa. 

Da classificação:

Das mudanças de humor:

  • Borderline:  Variam entre momentos de extrema euforia e de profunda melancolia e acontecem de modo irregular, sem avisos. 
  • Bipolar:  Segue o ciclo circadiano do humor, ou seja, o indivíduo pode acordar sem energia e triste, mas ir melhorando ao longo do dia. A bipolaridade se divide entre dois pólos bem definidos, o  polo depressivo e o polo da mania. Esses polos acontecem dentro de um período de semanas ou meses.

Do comportamento de risco: 

  • Borderline:  Pode acontecer em qualquer momento; 
  • Bipolar:  Ocorre no polo maníaco da doença.

Das motivações para as crises:

  • Borderline:  Fatores externos são o principal gatilho, embora combinados com questões psicológicas; 
  • Bipolar:  Uma das causas mais impactantes é o desequilíbrio dos neurotransmissores, também combinados com fatores externos e psicológicos.

Entenda porque você deve perder o receio e buscar ajuda psicológica!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.