Outubro Rosa em ação! Confira os sintomas e tratamentos do câncer de mama!

0
3416
câncer de mama

Outubro Rosa é a campanha para conscientizar sobre o câncer de mama! Saiba tudo sobre o assunto!

O câncer de mama é uma das grandes preocupações de mulheres no mundo todo, e não é por menos: Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), “é a maior causa de morte por câncer nas mulheres em todo o mundo”. O número de mortes causados por esse tipo de câncer, de acordo com os dados de 2013 divulgados pelo Inca, é de 14.388, sendo 181 homens e 14.206 mulheres.  As estimativas para 2018 também não são muito animadoras, já que a incidência de novos casos pode chegar aos 59.700.

Depois do câncer de pele não melanoma, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, e, segundo o Inca, isso representa cerca de 28% dos casos novos a cada ano. O alvo principal desse câncer são as mulheres. O câncer de mama em homens também é possível, embora em porcentagens bem pequenas, representando 1% do total de casos da doença. 

Outubro Rosa

O laço rosa que enfeita roupas é muito mais do um adereço, é o símbolo do Outubro Rosa. A origem do Outubro Rosa remonta de 1990, nos Estados Unidos, e foi idealizado para conscientizar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce, além de engajar a participação da população no combate ao câncer de mama.

O Inca entrou para o movimento em 2010 e informa os objetivos da Campanha Outubro Rosa: “Atualmente, a data é celebrada anualmente em muitos países, através de iniciativas que alertem sobre a importância da prevenção, do diagnóstico precoce e da luta em favor da vida”. O Inca promove eventos, debates e diversos recursos educativos para disseminar informações sobre o câncer de mama.”

O acesso à informação pode mudar o destino de muitos pacientes diagnosticados ou daqueles que ainda não descobriram a presença da doença. Com o diagnóstico precoce, o tratamento chega mais rápido e isso pode salvar muitas vidas.

A importância do Outubro Rosa é alertar para as causas e danos que o diagnóstico demorado pode acarretar na vida dos pacientes. Embora seja  raro antes dos 35 anos e a idade de risco do câncer de mama seja acima desta idade, ela pode ocorrer antes dessa faixa etária, por isso é sempre bom ficar em dia com os exames preventivos. 

O que é câncer de mama?

O desequilíbrio na divisão das células da mama pode ocasionar a formação de um tumor maligno nos canais, ou ductos, por onde o leite produzido nas mamas é conduzido. A esse quadro dá-se o nome de “câncer de mama”.

​O nódulo na mama é um pequeno caroço nos seios que geralmente pode não indicar a presença do câncer, mas sim uma alteração comum e benigna, como um cisto. Mas, os nódulos nos seios podem ter caráter maligno quando provocam  alterações do tamanho e forma da mama e a presença de fatores de risco para o câncer de mama.

LEIA MAIS: Como o RH pode ajudar na prevenção do câncer de mama!

Causas do câncer de mama

De acordo com a cartilha desenvolvida pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) e o Ministério da Saúde, dentre os fatores de risco do câncer de mama, estão:

  • idade avançada;
  • histórico familiar;
  • exposição prolongada aos hormônios femininos;
  • histórico de mutação genética;
  • ser portadora dos genes BRCA1 e BRCA2: Segundo o Hospital Israelita Albert Einsten, “mutações no gene BRCA1 estão mais associadas aos tumores de mama triplo-negativos e maior risco de câncer de ovário. Já as mutações no gene BRCA2 estão mais associadas ao câncer de mama masculino e no câncer de pâncreas.”
  • obesidade e sobrepeso após a menopausa;
  • sedentarismo;
  • consumo de bebida alcoólica;
  • primeira menstruação (menarca) antes de 12 anos;
  • não ter tido filhos e/ou amamentado;
  • primeira gravidez após os 30 anos;
  • parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos;
  • uso de contraceptivos orais por tempo prolongado;
  • reposição hormonal pós-menopausa;
  • entre outros.

Ou seja, as causas do câncer de mama não provém de uma única origem, mas sim de uma combinação de fatores ou da predisposição de cada organismo a despertar determinado fator como causador da doença.

Sintomas de câncer de mama

Os sinais de câncer de mama, segundo o Inca e o site do Dr.Drauzio Varella pode incluir:

  • presença de um nódulo único endurecido, fixo e, geralmente, indolor, na mama;
  • deformidade e/ou aumento da mama;
  • retração da pele ou do mamilo;
  • alterações no bico do peito (mamilo).
  • gânglios axilares aumentados;
  • vermelhidão, edema, dor e a presença de líquido nos mamilos;

Lembrando que alguns sintomas do câncer de mama podem aparecer e não representar a doença em si, pois alguns deles podem ser perfeitamente normais. Por isso, atrelar o sinais aos fatores de risco e fazer o autoexame, mamografias e todo o procedimento de diagnóstico é vital. Daí a importância do outubro rosa!

Outubro rosa e a prevenção do câncer de mama

A prevenção contra o câncer de mama se dá a partir do diagnóstico precoce, por isso o Outubro Rosa é tão importante, pois divulga informações para que a população realize o autoexame, exame de mama, conhecimento do histórico familiar de doenças. Além disso, adotar um estilo de vida saudável e uma dieta balanceada pode ajudar na prevenção da doença.

A realização do autoexame é recomendado a partir dos 20 anos de idade, todo o mês. A apalpação dos seios deve ser realizada em frente ao espelho, idealmente entre o quarto e o sexto dias após o fim do fluxo menstrual. Em caso de alteração, deformação, retração ou feridas nos seios, procure um médico imediatamente. 

Tratamentos para câncer de mama

Existem diversos tipos de câncer de mama, assim como diferentes tratamentos para cada um deles e os estágios em que estão. De acordo com a Oncoguia, esses são os tratamentos mais comuns:

Tratamentos Locais. A terapia local visa tratar um tumor localmente, sem afetar o resto do corpo. Os tipos de terapia local utilizados para o câncer de mama incluem:

  • Cirurgia
  • Radioterapia.

A mastectomia, ou seja, a retirada cirúrgica de toda a mama, em muitos casos se faz necessária. O apoio psicológico para a mulher que realiza a mastectomia é de extrema importância pois muitas sofrem com autoestima baixa e podem desenvolver doenças psicológicas, como depressão.

Tratamentos Sistêmicos. A terapia sistêmica se refere ao uso de medicamentos que podem ser administrados por via oral, ou diretamente na corrente sanguínea para atingir as células cancerígenas em qualquer parte do corpo. Dependendo do tipo de câncer de mama, diferentes tipos de tratamentos sistêmicos podem seu usados, incluindo:

  • Quimioterapia.
  • Terapia hormonal.
  • Terapia alvo.

Seja qual for a forma de tratamento escolhida, é vital de que seja de comum acordo entre a paciente e a equipe médica, sendo que esta deve deixar claro os fatores de riscos, efeitos colaterais e a recuperação. A paciente deve se sentir confortável e munida de toda a informação possível para que sua luta seja bem estruturada e a batalha seja vencida.

A importância do acompanhamento psicológico para o câncer de mama!

O impacto psicológico que o câncer de mama causa na mulher é imenso. Desde a descoberta do diagnóstico até o doloroso processo de tratamento, a paciente precisa lidar com diversas questões psicológicas que antes não lidava e que, por isso, precisa aprender a ressignificar valores e medos. 

LEIA MAIS: Saiba mais sobre o impacto do câncer e da importância do tratamento psicológico!

A presença de um psicólogo especializado em casos como esse é essencial para o tratamento e para a saúde da paciente, já que sem o cuidado emocional, o físico também fica à mercê de todos os gatilhos. Caso conheça alguém ou esteja passando pelo câncer de mama, não hesite em procurar ajuda psicológica, já que a mente é quem controla todo o nosso corpo.

LEIA MAIS: Você conhece a Orientação Psicológica Online? – Veja os benefícios e diferenciais

O Outubro Rosa celebra 28 anos de existência, e, mais importante, também celebra a vida. A campanha acontece todo o mês de outubro e é um grande alerta dos malefícios que o diagnóstico demorado pode acarretar. Celebre essa causa também!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.