Qualidade de vida para envelhecer melhor – Benefícios do acompanhamento psicológico para a saúde mental na terceira idade

0
6918
psicologia para terceira idade

Falar da terceira idade é sempre importante, mais ainda quando deseja-se que ela seja bem vivida. A saúde mental na terceira idade vem ganhando mais destaque atualmente, pois muitos problemas físicos derivam do emocional e de uma mente sem preparo.

O impacto do tempo para muitas pessoas pode ser avassalador, e para quem é idoso associa-se esse fato ao fim trágico de um ciclo, esquece-se que todos estão vulneráveis a ter a vida interrompida a qualquer momento e, que se cuidar para fortalecer corpo e mente é o ingrediente necessário para poder desfrutar de bons momentos com toda intensidade e principalmente ser feliz consigo mesmo. Confira mais no texto a seguir:

O envelhecimento e o impacto para o idoso

É até um pouco complicado falar sobre saúde mental, já que esse conceito pode ser interpretado de diversas maneiras por culturas diferentes. Podemos então dizer que esse fator então trata-se da capacidade de alguém de lidar com sentimentos e emoções, seria algo tecnicamente chamado de qualidade cognitivo-emocional.

Todo o caminho para se envelhecer e a diminuição das reservas funcionais, causam um desgaste muito grande psicológico, porém nunca deve ser associado à doença. Ou seja, pode-se sim envelhecer e todos terão um impacto no corpo com isso, todavia não deve-se nunca acreditar que esse processo biológico por si só é uma doença.

Na onda de saúde mental e dos diversos tratamentos que encontra-se atualmente, pode-se afirmar que essa é sim a melhor idade. Pois é nessa fase que a pessoa terá realmente tempo disponível para cuidar dela mesma e de alimentar o amor-próprio, algo que pode ter ficado guardado por anos ao se dedicar demais às pessoas queridas e ter se deixado em segundo plano.

O que impacta a qualidade de vida na terceira idade?

A OPAS, Organização Pan-Americana da Saúde, mostrou em sua pesquisa que 10% das pessoas com idade acima de 60 anos, sofrem de depressão. E esse quadro ainda se acentua mais em pessoas acima dos 85 anos.

O principal vilão da terceira idade no Brasil e no mundo são as experiências de vida negativas, ou seja: abusos e traumas, estresse, processos de luto, problemas familiares, a ideia de que não pode mais lutar por seus sonhos e o sentimento de impotência ao não conseguir executar algo que era comum quando mais jovem.

Dentre as diversas doenças mentais que podem surgir destacam-se com maior incidência:

Depressão na terceira idade

São comuns sentimentos de impotência, tristeza, desânimo e desamparo. Conheça mais sobre a depressão no artigo neste link.

Demência

Problemas de memória e doença cerebral crônica como a Esquizofrenia e Alzheimer.

Bipolaridade

Alteração de humor e capacidade de realização de tarefas.

O tratamento psicológico

Primeiro é importante adotar uma cultura de vida diferente: especialistas como psicólogos e médicos no geral não devem ser consultados somente quando se tem um problema. Muito seria evitado se as pessoas começassem a ver os tratamentos como uma forma de nunca adoecer, ou seja, algo preventivo.

Por isso o tratamento psicológico para a terceira idade pode ter seu início ao decorrer da vida de um indivíduo, para assim manter a saúde mental e emocional positiva. Uma maneira de realizar esse atendimento de forma segura, sem precisar se deslocar até o local é através da consulta psicológica online, se você tem curiosidade em saber como funciona, clique aqui e leia mais, ou conheça os profissionais especializados da TelaVita clicando aqui.

Para as pessoas que têm já algum problema, muitos especialistas deverão ser consultados para se ter um total acompanhamento do quadro em que se encontra. Mas sempre, tendo o acompanhamento de um psicólogo que adotará as melhores medidas para cada tipo de caso. A maioria dos problemas como ansiedade e depressão podem, em sua maioria, serem totalmente solucionados com o decorrer do atendimento, entretanto casos como o de Alzheimer e Esquizofrenia são crônicos e com o tratamento diminuirão a incidência dos sintomas, mas não há cura.

Se você está agora na terceira idade, ou conhece alguém que chegou a essa fase de vida, procure por um psicólogo e veja como ele pode ajudar e melhorar a sua qualidade de vida!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.